sábado, abril 12, 2008

Uma coisa, é uma coisa

Um dedo, é um dedo.
Uma mao, é uma mao.
Um braço, é um braço.

Aos 25 anos voce descobre que aqueles 10 anos fazem toda a diferença, que voce nao tem mais a mesma energia, que seus planos e objetivos mudam, e que as atitudes perante uma simples situaçao idem...e voce descobre também suco de cactus.

2 comentários:

Jackie Bei disse...

Nooossa Tati! Hj vi numa loja uma camiseta escrito "uma coisa uma coisa, outra coisa outra coisa" e lembrei da sua tattoo cada um cada um, e aih chego aqui e ta escrito isso! uahuah e legal!
Suco de cactus? =/
Bjss

Renatta disse...

Tenho que fazer alguns comentários básicos.... 1° vou voltar a frequentar seu blog para estar mais antenada sobre como vc esta, apesar de agora vc ter orkut novamente, mas vc sabe amigo q eh amigo quer sempre saber melhor e como vc voltou a escrever bastante... 2° vc não mudou em muita coisa mesmo, em tantos anos de amizade e tantos anos fora, vc continua c suas frases que só quem eh entende oq no fundo elas realmente significam neh Tati!! 3° estou contando nos dedos o dia que vc chegará ao Brasil e finalmente conhecerá pessoalmente a pessoinha que trouxe ao mundo e que sem porques, é sim sua sobrinha... e 4° quero ter uma séria conversa a respeito de algumas coisas q estão me deixando bastante "irritada"... sim, "irritada"... poxa Tati... são certas coisas q vc sabe que me deixam assim mesmo e pode passar milhões de anos, vai continuar sendo assim, pq magoar alguém e não reconhecer é algo que me torna a pessoa mais rancorosa do mundo... Não, não foi vc que me magoou não!!! Fica sussa!!!
SAUDADES AMIGAAAA... Vem logo!!!